Número total de visualizações de página

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Capítulo 9*


 (Mariana) Mariana – Zayn, aquilo que eu tenho que falar contigo é muito importante!
Zayn – Sobre o quê?
Mariana – Penso que deves imaginar…
Zayn – Charlotte?
Acenei-lhe que sim com a cabeça.
Mariana – Eu sei que não me devia meter e que não sou ninguém para o fazer, mas ela está a sofrer. A Charlotte é mesmo muito importante para mim, tal como tu. Eu sei o que se passou hoje À tarde. Para ela, aquilo não foi indiferente. Não sei se para ti o foi, mas também não preciso de saber. Só te peço que não a magoes…
Zayn – O quê? Claro que para mim aquilo não foi indiferente! Eu não sei o que se anda a passar comigo. Mas eu não estou apaixonado por ela… Não posso… Mas, nunca me senti assim antes. Se estou ao lado dela, tenho medo de fazer figura de parvo, quando um rapaz lhe começa a olhar ou começa a falar com ela, só me apetece … (Zayn, não conseguiu falar mais, estava mesmo triste)
Mariana – Então porque é que a afastas?
Zayn – Porque… o Louis, jamais o permitiria!
Mariana – Permitiria o quê?!
Zayn – Então o que?! O nosso namoro!
Mariana – Estás a ver?! Isso que acabaste de dizer… Significa que gostas dela. Mas quem ama verdadeiramente, não desiste!
Zayn – Mas como é que eu posso ter desistido, se ainda nem sequer comecei a lutar por ela?
Mariana – Então, se queres ser feliz, é melhor começares a lutar por ela!
Zayn – Mas eu não a quero fazer sofrer.. Não lhe quero dar falsas esperanças, percebes?
Encostei a minha cabeça ao ombro dele, estava a ficar cansada e já deviam ser por volta das 2 da manhã…
Mariana – Como eu te percebo…
Não aguentei mais e acabei por adormecer. Ouvi algumas vozes mas não liguei.

(Harry) Zayn e Mariana já estavam a conversar lá fora há muito tempo. O que me estava a deixar preocupado. Levantei-me decidido a ir ver o que se estava a passar.
Liam – Onde vais?
Harry – Vou lá fora, ver se está tudo bem.
Louis – Pois, pois… Tens mesmo a certeza que é para ver se está tudo bem?
Todos se riram, mas eu não achei piada nenhuma.
Niall – Porque não admites?
Harry – Porque não admito o quê?
Louis – Que a amas!
Até que Zayn entrou na sala com a Mariana ao colo.
Harry – Que se passou?!
Zayn – ahah, nada. Shiiuu! Ela está a dormir, tonto. Vou levá-la lá para cima.
Harry – Não, deixa estar eu levo-a!
Liam – Ohhh, que fofinho!
Voltaram-se todos a rir. Pousei a Mariana no sofá, por um bocado, delicadamente.
Harry – Importam-se de parar com isso?
Louis – Porque não lhe dizes?
Sentei-me no sofá ao pé dela. Ela deve-me ter sentido ali e pensado que era almofada ou coisa do género, porque me começou a puxar e acabou por pousar a cabeça dela nas minhas pernas. Acariciei-lhe a cara e depois comecei a fazer-lhe longas festas, no seu cabelo.

(Mariana) Senti alguém a sentar-se ali e percebi que era Harry. Acho que se estava para levantar, mas não podia deixá-lo ir embora, por isso decidi chegar a minha cabeça para junto dele, e pousa-la nas suas pernas. Pensei abrir os olhos, mas podiam pensar que eu estava a ouvir. Sabia que era má educação fazê-lo mas,… tinha que saber o que ele sentia por mim… tinha que saber o que ele ia dizer.
(…)
Louis – Porque não lhe dizes?
Harry demorou algum tempo a responder, enquanto se entretinha a acariciar-me o cabelo.
Harry – Porque eu não a quero perder!
Zayn – Perder?! E se ela te amar também?
Harry – Não a queres acordar?! Fala mais alto, vá!
Liam – Estás a fugir à questão.
Harry – Eu não a quero meter sob esta pressão toda! E ela é mais nova que eu!
Niall – E é só por isso?
Harry – Se eu lhe disser que gosto dela ela nunca mais olhara para mim, nem como amigo…

Acabei por adormecer, não consegui ouvir mais nada e acho que se deveu ao facto de Harry, me estar a fazer aquelas caricias todas. Mas, com certeza, deveria ter estado a sonhar, pois, o Harry, nunca se apaixonaria por mim… Iriamos ser apenas melhores amigos… E nada mais… Mas pelo menos, era melhor que nada... Poderia sempre contar, com os seus beijos, os seus abraços, TUDO aquilo que um amigo ou melhoramigo dá...

P.S.: Sei que não escrevo há algum tempo :$$ Mil e uma desculpas... Quero comments, siim? *-*
Obrigada <3

1 comentário: